NEÓPOLIS/PI – Categoria protagoniza grande ato na Prefeitura durante luta

Os Servidores de Neópolis, organizados pelo Sintramune (Sindicato dos Servidores Municipais do Município de Neópolis), estão de braços cruzados contra a intransigência da Prefeitura da cidade. O prefeito Luiz Melo de França, conhecido como Dr. Luizinho, insiste em fechar as portas para negociar o reajuste salarial dos Servidores. Em contrapartida, ele mantém seus apadrinhados com cargos no Governo. Por tudo isso, o funcionalismo protagoniza vários protestos na cidade.

REIVINDICAÇÃO

Sindicato e categoria reivindicam a reposição salarial de 4,84%. Ou seja, apenas o percentual da inflação. E mesmo assim o Governo se nega a oferecer uma proposta. Segundo o presidente do Sintramune, Gerinaldo Vieira dos Santos, a categoria não pretende entrar em greve por enquanto. No entanto, nada foi descartado, visto que a Prefeitura não se mostra interessa em ouvir a categoria.

REPÚDIO

Gerinaldo afirma: “Por possuir cerca de 500 funcionários públicos, com apenas 60 mil reais o pleito dos trabalhadores seria contemplado. Ao invés de atender aos Servidores efetivos com um reajuste mínimo, o prefeito gasta cerca de 70 mil reais com apadrinhados políticos que se mantêm dependurados em cargos comissionados e que pouco contribuem para o desenvolvimento de Neópolis. Por isso, mantemos nossa luta em busca dos direitos e melhorias justas”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×